O Google e seu esforço para superar o Chat GPT

O Google e seu esforço para superar o Chat GPT

O Google está trabalhando arduamente para incorporar novos recursos e funcionalidades baseados em inteligência artificial em seu mecanismo de busca, em meio à sua maior ameaça em anos.

A Samsung Electronics Co. Ltd. sugeriu recentemente que poderia abandonar o Google Search e mudar para o Microsoft Bing como sua ferramenta de pesquisa padrão em seus dispositivos móveis, levando o Google a responder com uma atualização em seu mecanismo de busca, incluindo um novo mecanismo de pesquisa com inteligência artificial chamado “Magi”. A possível perda da Samsung poderia custar ao Google mais de US$ 3 bilhões em receita por ano.

O Google está em pânico desde dezembro último, quando os executivos perceberam pela primeira vez a relevância do Chat GPT da OpenAI LP e como isso poderia significar um grande desafio para a empresa no setor de buscas.

A ameaça ao domínio do Google na indústria de buscas aumentou ainda mais em fevereiro, quando a Microsoft Corp. anunciou seus planos de integrar o Chat GPT ao Bing. O CEO do Google, Sundar Pichai, prometeu adicionar novos recursos de bate-papo de inteligência artificial ao Google Search em breve, numa tentativa de recuperar a liderança na indústria de buscas.

O Google está concentrando esforços em “salas de sprint” com cerca de 160 funcionários trabalhando no projeto “Magi” para desenvolver novos recursos de Inteligência Artificial para inclusão no Google Search.

Os planos incluem a criação de um novo serviço que pretende antecipar o que os usuários estão procurando antes mesmo de pesquisar, oferecendo uma experiência de busca mais personalizada. Outros recursos incluem um recurso do Chrome chamado “Searchalong”, que oferece informações contextuais escaneando a página da web que o usuário está lendo, permitindo ao usuário fazer perguntas sobre os arredores do local onde está buscando um lugar para se hospedar no Airbnb, por exemplo.

Outra adição notável é o chatbot que poderá responder a perguntas de engenharia de software e gerar trechos de código para o usuário. Um chatbot adicional também auxiliará o usuário na busca por música. Existem ainda recursos experimentais como “GIFI” e “Tivoli Tuto”, que permitiriam solicitar que a Busca de imagens do Google gerasse imagens e assim conversasse com um chatbot em um novo idioma.

Embora muitos desses recursos não sejam totalmente originais, oferecendo já os mesmos serviços em outras plataformas, é notável que o Google esteja tão empenhado nesta atualização da Pesquisa do Google.

O analista Charles King, da Pund-IT Inc., explica que a busca baseada em anúncios está quebrada, e o objetivo agora é fornecer novas ferramentas baseadas em IA que sejam pelo menos iguais, se não melhores do que as da Microsoft. King acrescenta que o Google precisa considerar seus competidores ágeis e avançados, e que este pode ser mais um conto de “o que vai, volta” no mundo da tecnologia.

Embora o Google se recuse a responder diretamente às alegações do New York Times, a empresa reitera que integra recursos de inteligência artificial no Google Search há anos, incluindo recursos como Lens e multisearch.

O Google planeja oferecer o “Magi” para um teste inicial de 1 milhão de pessoas antes de expandir a disponibilidade para 30 milhões de usuários até o final do ano. O “Magi” estará disponível exclusivamente nos Estados Unidos.

O Google está planejando anunciar oficialmente o “Magi” no próximo mês, antes de lançar os novos recursos adicionais no outono, quando mais informações sobre o Magi podem ser divulgadas no evento I/O 2023 do Google em 10 de maio.

O que é a ferramenta Magi do Google?

A ferramenta Magi do Google é um projeto experimental que visa aprimorar o mecanismo de busca atual da empresa com recursos de inteligência artificial (IA). Segundo o jornal The New York Times, que teve acesso a documentos internos do Google, a ferramenta Magi tem como objetivo oferecer uma experiência de busca mais conversacional, rápida e personalizada para os usuários, além de integrar o chatbot Bard, que pode responder a perguntas e gerar conteúdo em linguagem natural.

A ferramenta Magi ainda está em desenvolvimento e não tem data de lançamento oficial, mas o Google planeja disponibilizá-la para um milhão de usuários nos Estados Unidos em maio de 2023, como parte de um teste beta. A empresa também pretende lançar mais recursos baseados em IA em setembro de 2023, mas não revelou quais seriam eles.

O projeto Magi faz parte da estratégia do Google para competir com outros sistemas de busca baseados em IA, como o chatbot Bing da Microsoft e o Chat GPT da OpenAI. Esses sistemas prometem oferecer uma interação mais natural e dinâmica com os usuários, além de antecipar suas necessidades e interesses. O Google também enfrenta a possibilidade de perder parcerias importantes com fabricantes de dispositivos móveis, como a Samsung e a Apple, que podem optar por usar o Bing como mecanismo de busca padrão em seus aparelhos.

A ferramenta Magi é apenas uma das iniciativas do Google na área de IA. A empresa também está desenvolvendo outras ferramentas, como um gerador de imagens baseado em IA chamado GIFI, um sistema de aprendizado de idiomas chamado Tivoli Tutor e um recurso chamado Searchalong, que integraria um chatbot ao navegador Chrome do Google para responder perguntas relacionadas à página da web atual.

Sumário

Picture of Janderson de Sales

Janderson de Sales

Sou um Especialista WordPress, com formação em Tecnologia da Informação. Trabalho com produção de conteúdo para blogs, desenvolvimento e manutenção de sites WordPress, e sou um entusiasta de tecnologias de inteligência artificial. Tenho conhecimento em produção de imagens de alta qualidade em plataformas de IAs generativas de imagens e possuo habilidades em SEO e desenvolvimento web. Estou comprometido em oferecer soluções inovadoras e eficazes para atender às necessidades do mercado digital.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários